Os temperos que dão sabor à comida do Oriente Médio

Falar de culinária do Oriente Médio é falar, claro, de temperos. As possibilidades de combinações de ervas e especiarias são enormes, uma vez que os povos de origem oriental valorizam muito o sabor dos alimentos a serem consumidos.

A chamada cozinha oriental tem origem na antiga Mesopotâmia. Dali, se propagou para regiões vizinhas, como Egito, Creta e Pérsia. Os povos da antiguidade, boa parte deles vivendo entre os rios Tigre e Eufrates, já tinham à disposição sistemas de irrigação capazes de ajudar no cultivo de legumes e cereais. Já a criação de gado gerava o leite utilizado em coalhadas e demais derivados.

Com o passar do tempo e a evolução das técnicas culinárias, a cozinha árabe ganhou destaque internacionalmente. Por isso, selecionamos quatro temperos importantes que garantem o sabor e o aroma diferenciado à culinária do Oriente Médio:

Pimenta síriaÉ uma mistura de pimenta da Jamaica, canela e pimenta-do-reino. Faz parte da culinária árabe em quibes, esfihas e muitos outros pratos.

ZattarFeito à base de tomilho e gergelim, é muito usado para aromatizar bebidas, temperar saladas ou para colocar sobre queijos brancos. Também fica ótimo com carne.

TahinePasta espessa feita com sementes de gergelim. É empregada como tempero em molhos e pastas.

HortelãCitada na mitologia grega, é indispensável no tabule e inúmeros pratos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

× Fale conosco