Rosh Hashaná tem cardápio bastante especial

A noite de domingo é especial para o povo judeu. Com o aparecimento da primeira estrela no céu, terão início os festejos de ano novo. Uma janta em família normalmente celebra esta passagem que tem como marco a Criação do Mundo, mais especificamente, o ato através do qual Deus dá vida a Adão e Eva.

Mas, em termos de alimentação, fica a pergunta: o que se come em Rosh Hashaná? O tradicional guefilte fish (bolinho de peixe), os tzimmes de cenoura (rodelas que representam moedas) e a chalá redonda (pão que simboliza o novo ciclo) são acompanhados de um velho costume: o de se consumir alimentos e bebidas doces, indicando a esperança de um ano de fartura e doçura.

Esta tradição, inclusive, aparece na Torá, a sagrada escritura do povo judeu. No Livro de Samuel, por exemplo, o Rei David e suas tropas enviaram a Nabal, o carmelita, a seguinte mensagem: “Aqui viemos para o Iom Tov; por favor, dá-nos o que estiver ao teu alcance” (25:8). Era véspera de Rosh Hashaná e David não tinha alimentos para a refeição festiva. Embora Nabal tenha recusado o pedido, sua esposa, Abigail, forneceu os alimentos, inclusive vinho, uvas e figos secos.

 Estas frutas adocicadas constituíram as refeições de Ano Novo do Rei David e seus homens. Foi também em Rosh Hashaná que Neemias dispensou os judeus reunidos em Jerusalém, dizendo-lhes: “Vão, comam alimentos ricos, tomem bebidas doces e mandem um pouco para aqueles que nada prepararam para si mesmos, pois sagrado é este dia para o Senhor” (8:10).

O Midbar deseja à comunidade judaica um Feliz 5779! Shaná Tová Umetuká!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco